contato@nnogueiraadvocacia.adv.br (11) 2647-4339 Av. Paulista, 1079 - 7º Andar Bela Vista - São Paulo / SP 01310-100
Plano de Saúde cobre Cirurgia Plástica? Plano de Saúde cobre Cirurgia Plástica?

Plano de Saúde cobre Cirurgia Plástica?

Hoje responderemos uma dúvida muito comum entre beneficiários: Plano de Saúde Cobre Cirurgia Plástica?  Confira:

De acordo com a Revista Época, o Brasil lidera o Ranking de Cirurgias Plásticas, principalmente dentre jovens e adolescentes. Ainda segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), nos últimos dez anos, houve um aumento de mais de 100% no número de procedimentos realizados em território nacional.

É comum que beneficiários de Planos de Saúde recorram as operadoras para tentar Cobertura Completa ou Parcial do procedimento, mas afinal, Plano de Saúde Cobre Cirurgia Plástica?

Plano de Saúde Cobre Cirurgia Plástica?

Essa é uma pergunta que pode ter diversas respostas. Para começar, devemos analisar a súmula de número 102 do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que diz:

“Havendo expressa indicação médica, é abusiva a negativa de cobertura de custeio de tratamento sob o argumento da sua natureza experimental ou por não estar previsto no rol de procedimentos da ANS.”

Tendo como base este texto, podemos partir do princípio que, caso haja indicação médica, o Plano de Saúde deve Cobrir Cirurgia Plástica. O que acontece é que, como dito anteriormente, tudo é relativo.

Entenda melhor:

Plano de Saúde Cobre Cirurgia Plástica com finalidade Estética?

Se o seu objetivo é mudar seu corpo apenas por estética, dificilmente a operadora autorizará a Cobertura pelo Plano de Saúde. De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que é o órgão governamental que é responsável por regular os planos e operadoras, a Cobertura de Cirurgias Plásticas puramente estéticas não é obrigatório, porém, um fato que devemos salientar é que os pré-exames exigidos pelo cirurgião, tem sim cobertura obrigatória pelo plano.

Dependendo do procedimento, o médico pode solicitar exames de glicose, sangue ou até mesmo raio-X. Todos tem Cobertura Obrigatória, ou seja, seu plano não pode negar.

Quando a Cirurgia Plástica não é só estética?

Existem diversos casos em que a Cirurgia Plástica não tem finalidade puramente estética, mas sim como complemento a outros tratamentos. Neste tipo de caso, o Plano de Saúde deve Cobrir Cirurgia Plástica.

Vejamos alguns exemplos:

Plano de Saúde Cobre Reconstrução Mamária?

A Reconstrução Mamária é parte fundamental do tratamento psicológico da mulher que passou pelo tratamento de Câncer de Mama. Deste modo, havendo indicação médica, o Plano de Saúde é obrigado a Cobrir Reconstrução de Mama.

Plano de Saúde cobre Cirurgia de Orelha de Abano?

Em alguns casos, a otoplastia pode ser considerada “reparadora”. Em outras palavras, pode sim ser Coberta pelo Plano de Saúde, visto que a “orelha de abano” pode causar danos psicológicos ao paciente, principalmente quando se fala de Bullying.

Plano de Saúde cobre Cirurgia Pós-bariátrica?

Após passar pelo procedimento de Cirurgia Bariátrica, é comum que sobre muita pele no corpo do paciente, visto que, em alguns casos, o tecido perde a elasticidade e não consegue “se adequar” ao novo corpo do paciente.

Neste tipo de cirurgia, o TJ-SP possui até uma súmula exclusiva que diz:

“Não pode ser considerada simplesmente estética a cirurgia plástica complementar de tratamento de obesidade mórbida, havendo indicação médica.”

Deste modo, toda cirurgia reparadora pós-bariátrica indicada por um médico especialista tem Cobertura Obrigatória pelo Plano de Saúde.

Plano de Saúde Cobre Cirurgia Bariátrica?

Este tipo de cirurgia não pode ser considerado apenas estético, pois está devidamente previsto no Rol de Procedimentos Obrigatórios. 

Meu Plano de Saúde Negou Cobertura de Cirurgia Reparadora. O que fazer?

Se mesmo com indicação médica, seu Plano de Saúde Negou a Cobertura de Cirurgia Plástica Reparadora, o ideal é buscar por auxílio de um Advogado Especialista em Saúde. 

Ele pode te ajudar a forçar a Cobertura de Cirurgia Plástica pelo Plano de Saúde através de uma liminar, que em alguns casos, pode sair em até 24 horas, dependendo da urgência.

Como Conseguir uma Liminar para Cirurgia Plástica?

Para Conseguir uma Liminar para Cirurgia Plástica, o primeiro passo é contar com um Advogado Especialista em Saúde que desenvolva um trabalho sério e idôneo.

Ele solicitará alguns documentos básicos. Tais quais:

  • Documento de Identificação (RG, CNH, etc);
  • Carteirinha do Plano de Saúde;
  • A negativa do procedimento (digital ou escrita).

Com essas informações é possível dar entrada em todo o procedimento jurídico afim de fazer com que seu Plano de Saúde cubra Cirurgia Plástica.

Ficou com alguma dúvida sobre Cobertura de Cirurgia Plástica por Planos de Saúde?

Fale com um especialista!

Fale com um Especialista em Saúde